Abiotrofia Cerebelar vs. Hipoplasia Cerebelar em Cães

Abiotrofia Cerebelar vs. Hipoplasia Cerebelar em Cães

Existem muitos motivos pelos quais seu cão pode ficar instável e descoordenado ou ter problemas de equilíbrio. Algumas causas, como infecções de ouvido, podem ser temporárias e fáceis de tratar. Outros, como derrames, consumo de venenos ou problemas na medula espinhal, podem ser mais graves. Se o seu cachorro estiver instável desde o nascimento, ele pode ter uma condição neurológica conhecida como hipoplasia cerebelar.

Um cão com hipoplasia cerebelar geralmente ainda pode desfrutar de uma alta qualidade de vida. Aqui está o que você deve saber sobre a hipoplasia cerebelar em cães, incluindo causas, diagnóstico e cuidados.

O que é hipoplasia cerebelar em cães?

A hipoplasia cerebelar é uma doença neurológica normalmente observada em filhotes desde o nascimento. Não é progressivo, o que significa que não piora com o tempo. A doença ocorre quando o cerebelo, uma parte do cérebro, não se forma adequadamente enquanto o filhote cresce no útero. O cerebelo é responsável por enviar sinais aos músculos que controlam o equilíbrio, a coordenação, a postura e as habilidades motoras finas. Esse desenvolvimento irregular é o motivo pelo qual cães com hipoplasia cerebelar apresentam problemas de mobilidade.

O que causa a hipoplasia cerebelar em cães?

Dra. Sarah A. Moore, DVM, é Professora Chefe da Seção de Neurologia e Neurocirurgia no Departamento de Ciências Clínicas Veterinárias da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Estadual de Ohio. Ela explica que várias coisas diferentes podem causar hipoplasia cerebelar.

Filhote de cachorro Toy Fox Terrier sentado na grama.

©annaav – stock.adobe.com

“O cerebelo é uma parte do cérebro que passa por uma reorganização e desenvolvimento bastante dramáticos muito cedo na vida”, diz o Dr. “De forma mais clássica, pensamos na hipoplasia cerebelar como sendo causada por infecções virais que afetam o animal no útero – no útero – ou logo depois”. Ela explica que essas infecções danificam as células em desenvolvimento do cerebelo.

Causas infecciosas

Os cães com risco de hipoplasia cerebelar incluem cachorros com infecções virais neonatais, como o parvovírus canino ou o vírus do herpes canino. Essas infecções acontecem enquanto o filhote está no útero ou durante as primeiras quatro semanas após o nascimento. Quando causada por infecção, a hipoplasia cerebelar pode ocorrer em qualquer raça de cão. Dr. Moore explica que a hipoplasia cerebelar resultante de infecção tende a ocorrer aleatoriamente em cães diferentes, em vez de ocorrer comumente em certas raças.

Causas não infecciosas

Possíveis causas não infecciosas incluem exposição a toxinas, lesões cerebrais, condições hereditárias ou eventos inesperados durante o desenvolvimento do cérebro. Existe uma causa genética específica de hipoplasia cerebelar descrita no cão Eurasier. “Isso causa subdesenvolvimento ou ausência da parte posterior do cerebelo, chamada vermis, e é chamada de síndrome de Dandy-Walker”, diz o Dr.

Toy Fox Terriers também estão predispostos a desenvolver a síndrome de Dandy-Walker. No entanto, ainda não está claro qual variante genética específica pode estar causando a síndrome de Dandy-Walker nesta raça.

Abiotrofia Cerebelar vs. Hipoplasia Cerebelar em Cães

Uma condição chamada abiotrofia cerebelar é mais comum em cães do que a hipoplasia cerebelar, embora existam semelhanças. “A abiotrofia cerebelar é uma condição em que o cerebelo de um cão inicialmente se desenvolve normalmente, mas depois as células do cerebelo são danificadas e morrem com o tempo”, diz o Dr. “A abiotrofia cerebelar geralmente é causada por uma condição genética, e há várias delas que estão muito bem descritas em raças específicas de cães.”

Algumas raças de cães desenvolvem abiotrofia cerebelar quando são muito jovens, enquanto outras a desenvolvem mais tarde na vida. “Para cães com início neonatal da doença, os sinais serão notados no nascimento ou logo depois. Para aqueles com início juvenil ou adulto, os cães parecerão normais quando filhotes e desenvolverão sinais mais tarde na vida, às vezes até na idade adulta”, diz o Dr.

Filhote de Samoieda deitado na grama ao ar livre.

Petrenkod via Getty Images Plus

Nas suas diferentes formas, a abiotrofia cerebelar apareceu em muitas raças, incluindo:

  • Forma de início neonatal: Setter Irlandês, Coton de Tulear, Beagle, Samoieda, Rhodesian Ridgeback

  • Forma de início juvenil: Bulldog, Crista Chinês, Bernese Mountain Dog, Airedale Terrier

  • Forma de início na idade adulta: American Staffordshire Terrier, Bernese Mountain Dog, Brittany, Scottish Terrier, Schnauzer Miniatura

Cães com hipoplasia cerebelar ou abiotrofia podem apresentar sintomas semelhantes. Ambos normalmente apresentam marcha instável e descoordenada (também chamada de ataxia canina) e problemas de equilíbrio. A abiotrofia cerebelar é uma condição progressiva e limitante da vida, enquanto a hipoplasia cerebelar não piora com o tempo.

Quais são os sintomas da hipoplasia cerebelar em cães?

A gravidade dos sintomas de hipoplasia cerebelar varia em cada caso. Além de uma marcha instável e problemas de equilíbrio, “os cães podem ter tremores na cabeça e no pescoço que parecem melhorar em repouso e piorar com a atividade, chamados tremores intencionais, podem andar com uma marcha estranha, onde seus passos parecem ser agitados e desequilibrados e parecem estar em passos altos – passos de ganso”, diz o Dr.

Algumas pessoas comparam o andar de um cachorro com hipoplasia cerebelar à maneira desajeitada e com as pernas rígidas de um soldadinho de brinquedo. Os cães também podem ficar com as pernas mais afastadas do que o normal, o que os ajuda a compensar o falta de equilíbrio. Você também pode ver movimentos rítmicos dos olhos (nistagmo), tremores nos membros e uma curva na coluna (chamada oscilação) quando eles tentam manter o equilíbrio enquanto estão parados.

Filhote de Bulldog fazendo check-up no veterinário.

©mutluproject – stock.adobe.com

Como é diagnosticada a hipoplasia cerebelar em cães?

Os sintomas da hipoplasia cerebelar podem assemelhar-se aos sintomas de doenças potencialmente fatais. Como resultado, seu veterinário fará um histórico detalhado e realizará um exame físico e uma avaliação neurológica. Eles também coletarão amostras de sangue e urina para descartar outras causas infecciosas, traumáticas, inflamatórias ou cancerosas.

Uma ressonância magnética pode confirmar a hipoplasia cerebelar. No entanto, seu veterinário pode apenas sugerir a solicitação de uma ressonância magnética para descartar outras condições, dependendo dos resultados dos exames de urina e sangue.

Cuidando de um cão com hipoplasia cerebelar

“A hipoplasia cerebelar não é uma condição curável, mas também não progride com o tempo”, diz o Dr. “A maioria dos cães é capaz de compensar bem e viver uma vida normal e de boa qualidade.”

Dependendo da gravidade do caso do seu cão, pode ser necessário fazer alguns ajustes em sua casa e estilo de vida para mantê-los seguros e confortáveis. Isso pode incluir:

  • Limitando o acesso às escadas

  • Fornecimento de rampas para cães para acesso a camas ou sofás

  • Colocar tapetes antiderrapantes se o chão estiver escorregadio

  • Usar um carrinho de cachorro ou outro meio de transporte de apoio para caminhadas mais longas

Pug em uma cadeira de rodas em pé na grama.

IvonneW via Getty Images Plus

Se o seu cão tiver um caso menor de hipoplasia cerebelar, ele poderá apresentar apenas leves tremores e pequenos problemas de equilíbrio. Como resultado, esses cães podem não precisar de grandes ajustes. Cães com hipoplasia cerebelar grave podem ter mais dificuldade para caminhar e precisar de apoio durante suas rotinas diárias.

Alguns cães se adaptam bem ao uso de cadeiras de rodas e arreios de apoio para cães durante as pausas para ir ao banheiro e caminhadas curtas. Seu veterinário também pode recomendar a alimentação manual se a cabeça oscilante dificultar a alimentação do cão.

A hipoplasia cerebelar não afeta a função cognitiva. Seu cão vacilante ainda responderá bem ao treinamento e apreciará muitas atividades enriquecedoras, como fazer caminhadas centradas no cheiro e brinquedos de quebra-cabeça para cães. Mais importante ainda, seu cão ainda o amará incondicionalmente, não deverá sentir dor e poderá viver uma vida longa e feliz.

Artigos Relacionados

Blog / Dicas

Whippet Preço

O  Whippet  é um cão muito desejado por isso existem canis com demandas de preços diferentes. O Preço Whippet  filhote varia de R$ 1.500,00 a

Veja mais »