Erupções na barriga do seu cachorro

Erupções na barriga do seu cachorro

As erupções na barriga de um cão podem parecer alarmantes e desconfortáveis, mas são bastante comuns. Essas erupções cutâneas e vermelhidão da barriga de cachorro podem ter várias causas, desde uma simples infecção bacteriana da pele até uma doença subjacente mais séria, como a doença de Cushing.

Se não for tratada, a erupção na barriga do seu cão pode evoluir para uma infecção de pele desagradável que exigirá cuidados veterinários e causará desconforto ao seu cão.

Aqui está o que você precisa saber sobre as erupções na barriga do seu cão, incluindo as causas, sintomas e opções de tratamento disponíveis.

O que causa erupções na barriga do cão?

A pele do seu cão protege seu corpo do mundo exterior, atuando como uma barreira entre seus órgãos internos e organismos prejudiciais. Podemos pensar na pele como sendo dura e resistente, mas na verdade ela é muito sensível às mudanças no corpo do seu cão e no ambiente.

Uma das maneiras pelas quais a pele mostra essa sensibilidade é por meio de erupções cutâneas.

Existem várias causas de erupções cutâneas em cães:

  • Infecções cutâneas
  • Condições inflamatórias
  • Alergias (que muitas vezes são genéticas)
  • Parasitas
  • Genético
  • Desequilíbrios hormonais e condições endócrinas
  • Ambientais causas (como hera venenosa ou outras plantas)

Infecções

Às vezes, os cortes podem abrir a barreira da pele contra infecções. Muitas das causas de erupções cutâneas em cães são o resultado de infecções bacterianas, fúngicas ou fúngicas.

As infecções bacterianas da pele são chamadas de pioderma, que se traduz do grego para “pus” e “pele”. O pioderma geralmente causa lesões que se parecem com espinhas e também podem causar crostas, pele seca e escamosa. Também podem ocorrer perda de cabelo e coceira.

Seu cão pode ter pioderma como resultado de um trauma na pele, como uma abrasão ou corte, umidade excessiva ou como uma condição secundária. Filhotes são propensos a desenvolver pioderma em áreas sem muitos pelos, como axilas e virilhas. Fatores hereditários também podem desempenhar um papel nas infecções de pele de cachorros e cães adultos.

Infecções fúngicas, como infecções por fungos e micose, também são comuns. A dermatite de fermento é uma doença de pele causada por infecções de fermento. É também conhecida como dermatite por Malassezia e é causada pelo fungo Malassezia pachydermatis. Os sintomas dessa condição incluem pele espessada; mudanças na pigmentação da pele; um cheiro de mofo; coceira; vermelhidão; pele escamosa, com crostas e escamosas; e infecções de ouvido crônicas.

A micose é caracterizada por lesões circulares, que podem aparecer vermelhas e com crostas. A perda de cabelo é comum e, embora essas erupções geralmente não causem coceira, podem inflamar e transmitir a pessoas e outros animais de estimação.

Alergias

As alergias também podem causar erupções na barriga do seu cão. Alergias ambientais, como dermatite de contato ou reações a algo no solo como fertilizantes, produtos de limpeza, hera venenosa ou outros irritantes, dermatite alérgica a pulgas e alergias alimentares, sensibilidades alimentares e intolerância alimentar podem causar erupções cutâneas e com coceira. Quando seu cão coça e coça, ele expõe sua pele a infecções, que podem levar a uma erupção na pele ou complicar uma erupção existente.

As alergias podem ter uma ampla gama de sintomas, desde distúrbios digestivos até problemas de pele como coceira, queda de cabelo, vermelhidão, irritação e infecções crônicas da pele. Converse com seu veterinário se você suspeitar que seu cão pode ter uma alergia.

Pragas e parasitas

Pragas e parasitas também podem ser a causa da erupção cutânea do seu cão. Pulgas, ácaros e carrapatos podem causar irritação, expondo seu cão a bactérias, fungos e infecções fúngicas. Ácaros Demodex, caspa ambulante, dermatite alérgica a pulgas e sarna sarcóptica (causada pelo ácaro Sarcoptes scabiei) podem causar erupções na pele de seu cão, incluindo sua barriga e virilha.

Genético

Alguns cães são mais propensos a erupções cutâneas do que outros. Raças com predisposição a problemas de pele, como Cocker Spaniels, Pastores Alemães, Labrador Retrievers, Bulldog, Doberman Pinschers e Standard Poodles, podem ter um risco aumentado de desenvolver erupções na barriga e em outros lugares.

Golden Retrievers, por exemplo, podem pegar uma condição rara chamada ictiose congênita, que causa descamação da pele no abdômen. Raças árticas, por exemplo Samoieda, podem desenvolver dermatose responsiva ao zinco, e Cocker Spaniels são propensos a seborréia primária (caspa).

Desequilíbrios e condições hormonais (distúrbios endócrinos)

O mais preocupante, entretanto, é a possibilidade de a erupção na barriga do seu cão ser um sinal de uma doença subjacente, como hipotireoidismo ou doença de Cushing. Essas doenças causam desequilíbrios hormonais no corpo do seu cão, e alguns dos primeiros sintomas óbvios costumam ser problemas de pele, como adelgaçamento ou perda da pelagem e alterações na qualidade da pele.

Você pode ajudar seu veterinário a pegar essas doenças precocemente observando seu cão para quaisquer alterações na qualidade da pelagem, hábitos de beber e urinar, bem como erupções cutâneas, queda de cabelo e pele seca.

Sintomas de erupções na barriga

Erupções na barriga do seu cão podem se manifestar de algumas maneiras. Talvez o mais comum seja o pioderma, que se caracteriza por lesões semelhantes a espinhas; pele seca, escamosa e com crostas; perda de cabelo; e coceira.

A pele do seu cão também pode parecer vermelha e inflamada, lacrimejante ou com crostas. As infecções de fermento podem resultar em um cheiro de fermento, e as infecções fúngicas, como a micose, costumam ter um padrão circular distinto nas lesões.

Saiba mais sobre as causas da pele seca em cães

Diagnosticando a erupção na barriga do seu cão

A melhor maneira de determinar a causa da erupção na barriga do seu cão é marcar uma consulta com o seu veterinário, que fará alguns testes de diagnóstico com base na idade, raça, saúde geral e sintomas do seu cão.

Os veterinários usam amostras de pele, exames de sangue para detectar doenças subjacentes, culturas de fungos, testes de sensibilidade a antibióticos e, em alguns casos, testes de alergia para diagnosticar com precisão as doenças da pele em cães. Seu veterinário pode encaminhá-lo a um dermatologista para mais testes e tratamento.

Tratamento de erupções na barriga

Assim que seu veterinário tiver diagnosticado a causa da erupção na barriga do seu cão, ele discutirá suas opções de tratamento.

As infecções bacterianas da pele são geralmente tratadas com antibióticos. Seu veterinário pode querer realizar um teste adicional para determinar o melhor tipo de antibiótico para tratar a erupção cutânea em seu cão e evitar o aumento da resistência aos antibióticos, e pode prescrever xampus medicamentosos ou esfoliantes para ajudar a controlar a infecção.

Leveduras e outras infecções fúngicas são tratadas com medicamentos antifúngicos e shampoos.

As alergias, dependendo da causa, podem ser mais difíceis de tratar e podem envolver o tratamento da alergia e de quaisquer infecções cutâneas secundárias que se desenvolvam. Seu veterinário pode recomendar um bálsamo para acalmar a pele de cachorro para ajudar a aliviar o desconforto.

Condições como hipotireoidismo e doença de Cushing, como alergias, exigem tratamento da própria doença e da erupção cutânea. Seu cão pode exigir exames de sangue adicionais e monitoramento de acompanhamento.

Em alguns casos, a erupção na barriga do seu cão pode ser o resultado de uma infecção resistente, como Staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA). É muito importante seguir as instruções do seu veterinário sobre o tratamento de infecções resistentes, e você precisará ser paciente, pois a infecção pode demorar para cicatrizar.

As erupções na barriga do seu cão geralmente não são graves, mas requerem atenção médica. Como uma nota de cautela, algumas erupções cutâneas podem ser transferidas para as pessoas, como hera venenosa ou micose, então tome cuidado para evitar tocar na erupção você mesmo e marque uma consulta com seu veterinário hoje para obter um diagnóstico preciso da erupção cutânea de seu cão e para garantir que ele permaneça feliz, saudável e ativo.

Artigos Relacionados

Balinês

Origem do Balinês

Origem do Balinês O gato Balinês sempre foi popular. No começo dos anos 50, alguns criadores de Siameses (Balineses) nos Estados Unidos descobriram que eles

Veja mais »
Gatos

Korat

O Korat é um gato de tamanho médio, lento para amadurecer e distingue-se pelo seu rosto em forma de coração. Possui olhos muito grandes, luminosos

Veja mais »