Itchy & Scratchy? Uma olhada nas alergias comuns em gatos

Itchy & Scratchy?  Uma olhada nas alergias comuns em gatos |  Cat Care of Vinings

FacebookTwitterPinterest Imagine ter uma coceira que simplesmente não passa. Não importa o que você faça, você não consegue descobrir como se acalmar. E a pior parte? Você coçou tanto a coceira que realmente rachou a pele e agora está sofrendo de uma infecção.

A ideia de uma coceira que não passa parece insuportável, mas é surpreendentemente comum em nossos amigos felinos que sofrem de alergias. Não é divertido lidar com alergias em gatos (especialmente se você for um gato!), Mas quando são rapidamente reconhecidas e tratadas, podem ser tratadas com sucesso.

O que está acontecendo?

Alérgenos, ou substâncias / partículas estranhas, têm o potencial de desencadear uma resposta imune no corpo, também conhecida como reação alérgica. As alergias em gatos podem ser causadas por vários fatores desencadeantes. Seu sistema imunológico reage exageradamente aos alérgenos, produzindo e liberando produtos químicos que resultam nos sintomas visíveis a olho nu.

O que podemos ver?

As alergias em gatos geralmente se manifestam em sua pele. Os proprietários observarão arranhões ininterruptos, auto-limpeza, atrito com móveis ou carpete e sacudindo a cabeça.

3 categorias comuns

As alergias em gatos podem ser separadas em 3 categorias: ambientais, alimentares e pulgas. É possível que um gato seja afetado por todas as 3 categorias simultaneamente ou apenas um de cada vez.

No ar, ao redor

As alergias ambientais podem incluir qualquer coisa inalada, como grama, pólen, perfume, mofo, produtos de limpeza, fumaça, fungos, poeira e muito mais. Pode ser difícil descartar itens no ambiente do seu gato que causam reações alérgicas, mas é fundamental para fazer a Kitty se sentir mais confortável.

Sem fome

As alergias alimentares também podem ser difíceis de identificar. Problemas de pele são o sinal mais comum de alergia alimentar em gatos, mas alguns felinos apresentam distúrbios gastrointestinais, como diarreia e vômitos, em resposta aos gatilhos alimentares. Fontes comuns de proteína como carne bovina, cordeiro, frango, peru e ovos devem ser eliminadas e reintroduzidas. Carboidratos, como milho, soja e trigo podem exigir substitutos.

Insetos nocivos

A saliva deixada pelas picadas de pulgas pode causar reações alérgicas graves em muitos gatos. Embora recomendemos a prevenção de parasitas durante todo o ano para reduzir as chances de alergia a pulgas em gatos, não é incomum que gatos que vivem em ambientes internos fiquem desprotegidos.

Sintomas de alergias em gatos

Como a maioria das reações se concentra na pele, você provavelmente perceberá arranhões excessivos, perda de cabelo, mastigação das patas ou partes do corpo, pele vermelha e escamosa e possível inchaço. É provável que ocorram infecções secundárias da pele. Raramente, as reações graves podem incluir dificuldade respiratória e anafilaxia. Procure ajuda veterinária de emergência.

Conectando os pontos

Um exame físico e testes de diagnóstico são cruciais para entender as alergias em gatos. Podemos tentar uma dieta de eliminação se houver suspeita de comida. Controlar sua exposição aos gatilhos ambientais também pode ajudar muito a aliviar a dor e o desconforto. Os medicamentos prescritos podem ajudar a aliviar os sintomas, mas algumas alergias em gatos causam problemas de saúde ao longo da vida.

Gatos asmáticos costumam ter alergias e dependem de medicamentos para ajudá-los a respirar.

Um pensamento reconfortante

As alergias em gatos não são nada divertidas, mas podem ser tratadas. Claro, eles são exigentes e demorados, mas todo gato vale a pena!

Como sempre, sinta-se à vontade para entrar em contato conosco em caso de dúvidas ou preocupações. Nossa equipe está sempre aqui para você e seu gato!

FacebookTwitterPinterest

Artigos Relacionados