Mantendo seu cão sempre jovem: dicas de especialistas

Mantendo seu cão sempre jovem: dicas de especialistas

Possuir um cão é um dos maiores prazeres e destaques da nossa vida. Mas há uma desvantagem em amar um cachorro, e essa é a grande diferença entre nossa expectativa de vida e a deles.

“Todo mundo quer viver o maior tempo possível, e queremos o mesmo para nossos familiares e animais de estimação”, diz Dr. Jerry Klein, diretor veterinário do AKC. “Embora o controle total sobre a duração de uma vida seja impossível por causa da conexão genética, há coisas que podemos fazer para modificar e maximizar quanto tempo nossos cães vivem e, mais importante, como podemos melhorar a qualidade dessa vida.”

A seguir está uma lista das principais medidas de saúde e bem-estar que os donos de cães podem tomar para prolongar o tempo e melhorar a qualidade de vida de seus melhores amigos.

Cuidados Veterinários

Todos os cães devem fazer exames de bem-estar anuais, incluindo um exame físico para detectar quaisquer alterações nas condições de saúde. Dr. Klein diz que cães idosos (cerca de 7-9 anos ou mais para a maioria dos cães) ou cães que vivem com condições médicas crônicas devem fazer exames veterinários a cada 6 meses. Essas verificações podem detectar mudanças sutis no peso, valores sanguíneos, sons pulmonares ou cardíacos que podem fazer a diferença entre um diagnóstico precoce e possivelmente até a vida ou a morte.

Cuidados preventivos

Escovar os dentes, tratamentos regulares para proteger seu cão contra dirofilariose e outros parasitas internos e vacinas atualizadas são fundamentais para prevenir doenças e infecções. Muitos donos de cães fazem um curso de primeiros socorros para animais de estimação e montam kits de primeiros socorros, para que estejam preparados para doenças e situações de emergência.

Alimentação bem equilibrada

Nossos cães dependem de nós para fornecer alimentos nutritivos adequados para sua raça, idade e nível de atividade que forneça as proteínas, vitaminas e nutrientes de que necessitam. A obesidade é o problema de saúde preventivo número um dos cães americanos, relata o Dr. Klein. A alimentação adequada ajuda o seu cão a manter um peso saudável, contribuindo para uma vida mais longa e com melhor qualidade. O acesso constante à água doce também é importante.

Suplementos dietéticos

Cães idosos geralmente desenvolvem problemas médicos ou físicos crônicos que cães mais jovens não têm. Eles podem estar tomando medicamentos de longo prazo, incluindo antibióticos, que podem ser estressantes para seus sistemas e afetar o delicado equilíbrio do sistema intestinal. Dr. Klein exorta os donos de cães a discutir a necessidade de probióticos ou suplementos com um veterinário. Pergunte se probióticos, ácidos graxos ômega-3 ou condroitina e suplementos articulares podem ser úteis para o seu cão.

Exercício

O exercício diário, baseado na idade, tamanho, raça e condições ambientais, contribui para a saúde física e estimulação mental. Isso também se aplica a cães mais velhos, que ainda podem se beneficiar de uma caminhada pela vizinhança. O exercício adequado condiciona os músculos e desenvolve a força que ajudará seu cão a permanecer flexível e móvel à medida que envelhece.

Estimulação mental

“Manter o corpo e a mente ativos é crucial para se sentir vital e vivo para homens e animais”, diz Dr. Klein. “Faça uma nova rota em sua caminhada diária ocasionalmente. Deixe o seu cão descobrir novos aromas e paisagens.” Brinquedos de quebra-cabeça, viagens curtas e esportes para cães, como agilidade, rally e caça ao celeiro, estimularão a mente do seu cão e fortalecerão o vínculo humano-cão.

Reduzindo o estresse

Não podemos controlar os ruídos assustadores feitos por caminhões UPS, aspiradores de pó ou secadores de cabelo. Mas há passos que podemos tomar para ajudar nossos cães a ter uma vida de baixo estresse. Assim que seu cão se tornar parte de sua família, você pode reduzir a ansiedade introduzindo uma rotina diária, estabelecendo expectativas, ensinando comandos básicos de obediência e socializando seu cão com uma variedade de pessoas, lugares e ambientes.

Limpeza Regular

Quem não gosta de ter uma boa aparência e fazer o cabelo? Os cães não são exceção. “Quando os cães estão acostumados a cuidados regulares, eles apreciam a atenção”, diz Dr. Klein. “Grooming é outra maneira de fazer um exame prático completo da boca, canais auditivos, patas e unhas e sacos anais. Além disso, você pode sentir quaisquer caroços ou inchaços incomuns, que devem sempre ser levados à atenção de um veterinário.”

Segurança

Todos os anos, animais de estimação morrem após consumir alimentos e plantas tóxicos, serem atropelados por carros ou sofrerem insolação. Certifique-se de que seu cão nunca tenha acesso a alimentos, remédios ou plantas que sejam tóxicas para os cães. Mantenha seu cão na coleira ou longe das estradas. Não deixe seu cão em um veículo sem vigilância. Certifique-se de que alguém possa entrar em contato com você se encontrar seu cão usando um microchip e etiquetas de coleira. Treine seu cão para obedecer a comandos como descer, ficar, vir, esperar – mesmo onde houver distrações.

2018 AKC National Agility Championship Agility, 2018, Golden Retriever

Identificando Normal

Nossos cães não podem nos dizer quando estão se sentindo doentes. Se você entender o que é saudável e normal para o seu cão, poderá identificar mais rapidamente quando precisa de ajuda veterinária. Por exemplo, Dr. Klein diz: “A temperatura normal de um cão é 101-102 graus Fahrenheit. A cor normal das gengivas de um cão é rosa (assim como a de uma pessoa). Gengivas pálidas ou azuladas não são normais e devem ser consideradas uma emergência”, diz.

Terapias Alternativas

As terapias alternativas são um ótimo complemento para a rotina de um cão. Dr. Klein sugere que a acupuntura para tratar certas doenças pode produzir resultados positivos. A terapia da água e a natação costumam ser úteis para cães se recuperando de lesões esportivas ou algumas condições médicas. Muitos cães idosos têm osteoartrite, e a natação supervisionada adequadamente é uma ótima maneira de se exercitar e perder alguns quilos. A massagem é outra maneira suave de reduzir a dor e melhorar o fluxo sanguíneo para as articulações doloridas. Alguns donos de cães até optam pela quiropraxia canina, que pode ajudar a melhorar a mobilidade de um cão realinhando sua coluna e sistema musculoesquelético.

Medicina Alternativa

Houve grandes avanços na medicina alternativa para pessoas e animais, além de terapias. Alguns tratamentos alternativos incluem aromaterapia, terapia de som e suplementos de ervas. Usando diferentes óleos essenciais e um difusor, alguns donos de cães obtiveram sucesso em ajudar a controlar a ansiedade, a dor e muito mais de seus cães. Resultados semelhantes foram encontrados por donos de cães que tocam música clássica para seus cães ou usam suplementos de ervas, como CBD.

Bonding

Por último, mas não menos importante, quando se trata de causar impacto na vida do nosso cão, é o forte vínculo que podemos construir. Isso beneficia a saúde física, mental e emocional do cão e do dono. Valorize o tempo que você tem com seu cão e preste atenção aos sinais que seu cão lhe dá. Isso ajudará você a entender o que o faz feliz, para que você possa aproveitar seus anos juntos enquanto o mantém jovem no coração.

Artigos Relacionados

Blog / Dicas

Weimaraner Preço

O Weimaraner é um cão muito desejado por isso existem canis com demandas de preços diferentes. O Preço Weimaraner filhote varia de R$ 800,00 a

Veja mais »