Origem do Ocicat

Origem do Ocicat

O gato Ocicat surgiu em 1964, de maneira acidental. Ela queria obter um Siamês tabby point, com características próximas do Abissínio, e por isso cruzou uma fêmea Siamesa-Abissínia com um macho Siamês Chocolate Point. Dessa ninhada se originou um gato, chamado Tonga, de pelagem marfim com manchas douradas, mas Virigina Daly não lhe deu muito credito e acabou o castrando.

No início, o cruzamento entre Siameses e os Abissínios davam origem aos gatos Ocicat, no entanto, o número de raças de gatos com os quais tiveram cruzamento foi aumentado, reforçando assim a genética da raça e tornando-a não vulnerável ou instável. Em pouco tempo, a raça de gato Ocicat foi estabelecida, sendo reconhecida pela TICA em 1987 e pela FIFE em 1992 .

Desta forma, depois de anos de trabalho, os criadores alcançaram o objetivo, obter gatos domésticos que tivessem a aparência das jaguatiricas, por isso, a raça tem esse nome, devido a mistura dos termos “ocelote” com “cat”, que significa jaguatirica e gato em inglês. No entanto, e como podemos supor, os Ocicat e as jaguatiricas só compartilham a aparência e pertencem à ordem dos felinos, pois eles não são semelhantes em termos de vida, cuidados ou personalidade, afinal enquanto as jaguatiricas são felinos selvagens os Ocicats são como qualquer outro gato doméstico.

 

Artigos Relacionados