Origem do Shiba Inu

Origem do Shiba Inu

A raça Shiba Inu é nativa do Japão, sendo o menor, e provavelmente, mais antigo cão do país asiático. Apesar de sua origem não ser bem definida, estima-se que a raça tenha surgido por volta do ano 300 a.C. Embora existam outras teorias que indicam o surgimento desse cachorro bem antes. Indícios arqueológicos datados a cerca de 3 mil anos antes de Cristo.

Com as orelhas apontadas para o alto e a aparência que lembra uma raposa, o shiba é o menor, mais antigo e um dos cachorros mais populares do Japão. Embora tenha sido reconhecido oficialmente pelo American Kennel Club somente em 1993, a raça é uma das mais antigas de que se tem registro, com a origem datada por volta de 300 a.C. Outras teorias afirmam que esses cães existem há muito mais tempo. Arqueólogos encontraram indícios que remontam a cerca de 3 mil anos antes de Cristo.

Mesmo pequeno, o shiba é muito resistente, capaz de viajar por montanhas e colinas onde o homem não conseguia, e com uma excelente habilidade para a caça. Além de animais pequenos como pássaros, surpreendentemente, esse cachorro também era caçador de javalis. Em 1936, a raça shiba foi declarada como tesouro nacional japonês.

Entretanto, na Segunda Guerra Mundial e devido a uma doença, a raça quase foi extinta, o que causou uma diminuição considerável no número de shibas . Para reverter o quadro e preservar a espécie, os criadores cruzaram as três variações da raça existentes à época, o Shinshu Shiba, o Mino Shiba e o Sanin Shiba.

O esforço em manter esse patrimônio cultural felizmente deu certo e esse adorável cachorro sobreviveu. Desde então, ganha cada vez mais popularidade e segue conquistando famílias pelo mundo.

 

Artigos Relacionados