Os cães devem lamber as feridas para curá-las?

Os cães devem lamber as feridas para curá-las?

Os cães lambem instintivamente as feridas. Algo dói, então eles lambem. Isso é tudo que eles podem fazer. A ideia de que os cães precisam lamber as feridas para curar é tão difundida que muitas pessoas, incluindo as sociedades antigas, acreditavam que a saliva do cão também pode curar feridas humanas. Essa crença tem alguma base de fato, mas com o tempo alcançou proporções míticas.

Lamber ou não lamber as feridas

A saliva cura as feridas? Por mais improvável que pareça, evidências científicas sugerem que a saliva do cão, e até a saliva humana, tem algumas propriedades antibacterianas e antimicrobianas. A saliva do cão é ainda ligeiramente bactericida contra a Escherichia coli (E. coli) e contra o Streptococcus canis, que pode ser transmitido de animais de companhia para humanos. Além disso, a língua de um cão é boa para soltar qualquer sujeira de uma ferida. No entanto, a palavra-chave nesta pesquisa é “ligeiramente”. A medicina moderna superou em muito a saliva em termos de eficácia na cicatrização de feridas, com produtos antissépticos veterinários fornecendo uma alternativa melhor.

Lamber prejudica mais do que ajuda

Lamber pode oferecer alguma proteção contra certas bactérias, mas há sérias desvantagens em deixar seu cão lamber feridas. Lambidas excessivas podem causar irritação, abrindo caminho para pontos quentes, infecções e potencial automutilação.

Lamber e mastigar também pode retardar a cicatrização ao reabrir feridas. Os locais de cirurgia são especialmente perigosos para os cães lamberem. Lamber pode quebrar suturas e reabrir o local, exigindo uma viagem de volta ao veterinário. O fechamento de feridas cirúrgicas reabertas é muitas vezes mais complicado do que o fechamento inicial de feridas limpas. É por isso que os cirurgiões mandam seus pacientes caninos para casa com colares elizabetanos para usar enquanto as suturas estão no lugar ou até que a ferida esteja completamente curada (ou seja, 10-14 dias).

German-shepherd-puppies-licking-header

Em vez de deixar seu cão lamber feridas, abasteça seu kit de primeiros socorros canino com produtos para tratamento de feridas. Um veterinário deve verificar qualquer ferida penetrante profunda o mais rápido possível. Lacerações e abrasões menores devem ser lavadas com cuidado, bem enxaguadas e depois secas. Peça ao seu veterinário para recomendar sprays ou lavagens antissépticas de venda livre para ajudar a tratar pequenos arranhões e cortes em casa, ou para usar no acompanhamento de feridas maiores.

Cães ativos que competem ou praticam esportes podem ser mais propensos a lesões do que seus parentes mais sedentários. Produtos antibacterianos e bandagens apropriadas são especialmente importantes para esses cães, então certifique-se de levar seu kit de primeiros socorros enquanto estiver na estrada.

Quando os cães não param de lamber

Em alguns casos, os cães simplesmente não param de lamber se algo realmente os incomoda. Há várias coisas que você pode tentar para parar o comportamento. Além disso, considere pedir ao seu veterinário recomendações de sprays anti-sépticos.

Para cães que lambem as patas, tente colocar um atadura da pata, ou até mesmo uma de suas meias embrulhadas com fita adesiva cirúrgica, sobre a pata irritada. em seu cão para cobrir uma ferida fornece proteção solta que também permite que o ar alcance o local. proteja seu cachorro. Alguns até dobram ou saem do caminho para que seu cão possa usá-los quando precisar urinar.

Os veterinários sugerem que a única maneira garantida de proteger uma ferida de lamber, especialmente à noite ou quando você não está vigiando o cão, é usar uma coleira elizabetana devidamente ajustada.

“É importante lembrar que as feridas requerem oxigênio para cicatrizar, assim como um fluxo sanguíneo constante para o local. Portanto, bandagens, roupas de recuperação ou qualquer outro tipo de envoltório usado para cobri-los não devem ser muito apertados”, aconselha Dr. Jerry Klein, diretor veterinário do AKC.

Deixe a ferida lamber no passado

A saliva do cão pode ter algumas propriedades curativas e, antes do advento da medicina moderna, lamber as feridas era a melhor defesa do seu cão contra infecções. No mundo de hoje, no entanto, temos opções melhores. Evite colocar seu cão em risco, mantendo um kit de primeiros socorros com um produto para tratamento de feridas à mão. Quando possível, desencoraje seu cão a lamber. Para obter mais informações sobre cuidados com feridas e produtos para tratamento de feridas, consulte seu veterinário.

Artigos Relacionados