Os cães podem comer cerejas? – American Kennel Club

Os cães podem comer cerejas?  – American Kennel Club

A fruta é um lanche saboroso e (na maioria das vezes) saudável para um cão, mas nem todas as frutas são seguras para nossos amigos peludos. Quando se trata de cerejas, especificamente, existem alguns perigos dos quais você deve estar ciente.

Tenha extremo cuidado ao alimentar cães com cerejas

O principal perigo das cerejas é que seus caroços, caules e folhas contêm cianeto, que é venenoso e potencialmente letal se consumido em quantidades altas o suficiente. Os caroços das cerejas também podem se alojar no trato digestivo de um cão e causar bloqueios intestinais.

E as cerejas ao marasquino, que já têm os caroços retirados? Eles podem não ter caroço, mas os marasquinos não são uma boa guloseima para cães porque foram adoçados com toneladas de açúcar.

O que fazer se seu cachorro engolir uma cereja inteira

Se seu cachorro colocar as patas em uma cereja inteira quando você não estiver olhando, não entre em pânico. Um único caroço de cereja não causará envenenamento por cianeto. Mas você deve ficar atento aos sintomas de bloqueio intestinal, incluindo vômitos, diminuição do apetite, constipação e diminuição da produção fecal.

Esses sintomas podem aparecer até 24 horas depois que seu cão engoliu um caroço de cereja. Lembre-se de que os cães menores têm maior probabilidade de sofrer obstruções intestinais causadas por uma pequena cova. Se o seu cão come várias cerejas, você deve ficar atento aos sintomas de envenenamento por cianeto. Isso inclui respiração difícil, gengivas vermelhas brilhantes e pupilas dilatadas. Se você descobrir que seu cachorro comeu várias cerejas sem caroço, é uma boa ideia ligar para o seu veterinário por precaução. O seu veterinário pode decidir que o melhor curso de ação é induzir o vômito para evitar a toxicidade do cianeto.

É seguro para cães comerem cerejas?

Qual é o veredicto final sobre as cerejas? Os cães podem comer cerejas não processadas, mas você deve ter muito cuidado ao prepará-los e sempre manter as cerejas que não foram descaroçadas fora do alcance.

Artigos Relacionados

Blog / Dicas

Origem do Cornish rex

Origem do Cornish rex Em 1950 em Cornwall, Inglaterra, nasceu o primeiro filhote Cornish rex. Ele foi resultado de uma mutação espontânea, nascido de um

Veja mais »