Os cães podem comer peixes? – American Kennel Club

Se você já deu uma olhada no painel de ingredientes da comida do seu cachorro ou examinou outras marcas de comida para cachorro na loja, então você sabe que peixes estão frequentemente no menu. Só porque é um ingrediente da comida de cachorro, no entanto, não significa que os cães podem comer com segurança qualquer peixe velho que jogarmos em seus caminhos. Se você deseja adicionar um petisco de peixe à dieta do seu cão, aqui está o que você precisa saber.

Benefícios do peixe para cães

Os cães adoram o cheiro de peixe e, neste caso, há um motivo. O peixe é uma fonte saudável de proteína e costuma ser incluído na comida comercial para cães como uma fonte alternativa de proteína. O peixe é rico em ácidos graxos ômega-3, que, de acordo com os veterinários, podem trazer benefícios à saúde, como diminuir a inflamação. O peixe também é uma boa alternativa para cães com alergia alimentar a ingredientes mais comuns, como frango.

O peixe pode ser uma parte importante de uma dieta caseira, mas se você optar por alimentar uma dieta caseira com peixes, consulte o seu veterinário ou um nutricionista veterinário certificado para ter certeza de que está atendendo a todas as necessidades nutricionais do seu cão . A primeira vez que você der qualquer peixe a seu cão, dê apenas uma pequena porção até determinar se seu cão pode tolerar aquele peixe em particular sem uma reação alérgica ou problemas gastrointestinais.

Melhores tipos de peixes para Cães

Existem muitos peixes no mar, mas os tipos mais comuns de peixes usados ​​na comida comercial para cães são espécies de vida curta, como salmão, peixe branco do oceano, peixe branco do lago, arenque, walleye, solha e salmão do Ártico. As espécies de peixes de vida mais longa, como o atum e o espadarte, por outro lado, podem conter metais pesados ​​como o mercúrio. O mercúrio se acumula com o tempo no sistema do peixe e pode levar à toxicidade de metais pesados, razão pela qual alimentar uma espécie de peixe de vida curta é preferível ao atum ou peixe-espada. Com tantos peixes para escolher, é melhor prevenir do que remediar.

Riscos de alimentar cães com peixes

O peixe em si não faz mal aos cães, mas a forma como o preparamos pode causar problemas. Peixe cozido em muito óleo pode causar distúrbios gastrointestinais em cães ou até mesmo levar a doenças graves, como pancreatite. Os temperos também podem causar sérios problemas de saúde para os cães, especialmente se contiverem ingredientes tóxicos, como o alho. O maior risco de alimentar cães com peixes, entretanto, são os ossos.

Os cães podem comer ossos de peixe?

Os ossos dos peixes são pequenos, quebradiços e perigosos. Eles podem se alojar na boca, garganta, estômago e intestinos do seu cão, às vezes até perfurando a parede do órgão. Isso não só é doloroso, mas também pode resultar em uma visita cara ao veterinário. Embora existam muitas histórias anedóticas sobre cães comendo ossos de peixe sem problemas, neste caso, é melhor seguir os conselhos dos veterinários e jogar pelo seguro.

Cães podem comer peixe cru?

O peixe cru corre o risco de transportar bactérias nocivas como a salmonela e a listeria. Isto é problemático por duas razões. Um, pode deixar seu cachorro doente, e dois, de acordo com o FDA, também pode fazer você e outros membros de sua família ficarem doentes. Isso é especialmente preocupante para crianças pequenas, que podem ter mais contato com a saliva de seu cão do que os adultos, e para pessoas com sistema imunológico comprometido. Se você optar por alimentar uma dieta crua com peixes, certifique-se de tomar os cuidados adequados sugeridos pelo FDA para preparar as refeições do seu cão, como desinfetar completamente todas as superfícies e tigelas após o uso, e lavar as mãos.

Quanto peixe é demais para cães?

Muito de uma coisa boa pode se tornar um problema. Peixes simples, cozidos, cozidos no vapor ou grelhados são adequados para os cães comerem com moderação. Muito peixe pode levar à obesidade, portanto, consulte seu veterinário sobre os tamanhos de porções adequados de peixe para seu cão, especialmente se você planeja alimentar peixes como parte regular de sua dieta.

Como humanos com dietas variadas, tendemos a esquecer que os cães alimentados com uma ração comercial completa e balanceada não precisam de nutrição adicional, a menos que seja recomendado por um veterinário. Restos de comida, incluindo peixes, não são necessários para a saúde do seu cão, mas os peixes podem ser uma boa recompensa ocasional para os cães, desde que os donos fiquem de olho no peso do cão. Uma regra geral a seguir para o controle de porções é garantir que as guloseimas constituam apenas 10% da dieta diária do seu cão.

Os cães podem comer peixe?

Para encurtar a história, sim, os cães podem comer peixe, e o peixe pode fazer parte de uma dieta saudável para seu cão, desde que seja totalmente cozido sem óleos e temperos adicionais, não contenha ossos e não seja um espécies sujeitas a altos níveis de mercúrio, como o atum. Para obter mais informações sobre nutrição de cães ou alimentação de peixes para seu cão, entre em contato com seu veterinário.

Para mais informações sobre o que você deve alimentar seu cachorro, confira nosso vídeo abaixo!

Artigos Relacionados

Anemia em cães
Saúde

Anemia em cães

Como humanos, tendemos a achar sangue, e qualquer coisa relacionada a sangue, um pouco assustadora. Isso faz todo o sentido em um nível psicológico, mas

Veja mais »