Perda auditiva em cães idosos: sinais, sintomas e gerenciamento

Perda auditiva em cães idosos: sinais, sintomas e gerenciamento

Muitos cães idosos sofrem de deficiência auditiva à medida que envelhecem e tornam-se menos responsivos a você e ao mundo ao seu redor. Sua capacidade de se comunicar com seu cão fica prejudicada quando ele não consegue ouvir o que você tem a dizer, o que pode ser frustrante para você e estressante para seu cão. Mas existem medidas que você pode seguir para ajudar seu cão idoso a lidar com a perda auditiva.

Perda auditiva canina: causas e sintomas

Existem muitas causas para a perda de audição em cães, mas para cães idosos, a causa costuma ser alterações degenerativas nos nervos encontrados dentro do ouvido. Isso é semelhante à perda auditiva observada em pessoas mais velhas. As mudanças provavelmente serão graduais, então os sintomas aparecerão lentamente e você pode não notar imediatamente.

À medida que seu cão perde a audição, você pode encontrá-lo “ignorando” suas dicas, como não se sentar quando solicitado ou deixar de vir quando você o chama. Ou ele pode parecer confuso com o que está ao seu redor ou com seus pedidos. Ele pode deixar de responder a sons que costumavam excitá-lo, como o chiado de seu brinquedo ou o barulho das chaves do carro, e não se voltar para você quando você chamar o nome dele. Você também pode descobrir que ele dorme mais profundamente e não se incomoda com ruídos altos aos quais teria respondido no passado. Se você observar esses sintomas, é fundamental levar seu cão ao veterinário para um diagnóstico preciso e descartar outras causas.

Gerenciando a perda auditiva

Agora que a comunicação verbal com seu cão é mais desafiadora, ensinar sinais com as mãos permitirá que você se comunique visualmente. Se o seu cão ainda consegue ouvir parcialmente, acrescente sinais com as mãos às dicas verbais que ele já conhece, fazendo o gesto com a mão antes de dizer a dica. Depois de repetições suficientes, seu cão aprenderá a responder ao sinal de mão sozinho. Para ensinar novas dicas, simplesmente ensine o sinal de mão desde o início. Se você atualmente usa um marcador para treinar novos comportamentos, como um clicker ou uma palavra como “sim”, você precisará substituí-lo por um marcador não auditivo, como um gesto com a mão, por exemplo, um polegar para cima.

Senior German Shorthaired Pointer head portrait outdoors.

Certifique-se de incluir gestos com as mãos para comportamentos relacionados à segurança, por exemplo, “venha”, para que você possa manter o controle de seu cão, mesmo que ele não possa ouvi-lo. Outra forma de ajudar seu cão a vir quando for chamado é com um apito de emergência. Os apitos de emergência são muito altos e um cão com alguma perda auditiva ainda pode responder. Treine seu cão para vir quando ouvir o apito, oferecendo a ele uma guloseima super deliciosa toda vez que você apitar. Você pode querer praticar isso ao ar livre, onde o som alto será menos um ataque aos seus próprios ouvidos.

Às vezes, o truque com um cão com deficiência auditiva é simplesmente chamar sua atenção. Afinal, ele só pode responder aos seus sinais manuais se puder vê-lo. Para fazer seu cão se virar em sua direção, você pode fazer uma vibração forte batendo o pé no chão. Você também pode acenar com a mão na frente do rosto ou ensiná-lo que um leve toque nas costas ou no pescoço é uma dica para se virar em sua direção. Outra opção é um colar de vibração. Não são coleiras de choque, mas são projetadas para vibrar suavemente quando você pressiona um controle remoto. Com o treinamento adequado, seu cão aprenderá a olhar para você ou virá até você quando sentir a vibração.

Vivendo com cães surdos

Embora os cães surdos possam sentir vibrações e cheirar / ver os arredores, eles podem ficar assustados com aproximações repentinas ou carícias inesperadas, especialmente quando são perturbados pelo sono. Aproxime-se de seu cão com passos pesados, para que as vibrações o alertem de sua presença. E certifique-se de ajudá-lo a se sentir confortável com toques inesperados, dessensibilizando-o. Por exemplo, toque suavemente nas costas do seu cão e imediatamente ofereça-lhe uma recompensa alimentar.

Também é importante tomar precauções fora de casa. Não deixe seu cão com deficiência auditiva fora da coleira, pois ele pode não ser capaz de ouvir o tráfego ou outros perigos. Ciclistas e pessoas na calçada também podem pegá-lo de surpresa se ele não conseguir vê-los se aproximando, então fique atento para tirá-lo do caminho, se necessário. Considere manter as interações cão-cão limitadas a cães familiares e em locais onde você possa supervisionar.

Se o seu cão idoso sofreu alguma perda auditiva, ele pode estar perdendo a visão também. Pratique a paciência se ele parecer estar ignorando seus pedidos. Não é que ele esteja sendo teimoso, ele provavelmente não pode ouvir ou ver o que você está perguntando. Mantenha uma atitude positiva e comunique-se com ele de maneiras que ele possa compreender. Com essas alterações simples e práticas, você pode ter certeza de que seu cão com deficiência auditiva aproveita a velhice de forma segura e realizada.

Artigos Relacionados

Blog / Dicas

Ocicat Preço

O Ocicat é um gato muito desejado por isso existem gatil com demandas de preços diferentes. O Preço Ocicat  filhotes varia de R$ 500,00 a

Veja mais »